Enter your keyword

Coleção “Café com Açúcar” narra a história do agronegócio em Ribeirão Preto

VITÓRIA BORGI

Ribeirão Preto tem terras que trouxeram riquezas e muita história para a sua região. A cidade que uma fez foi chamada de “capital do café”, percorreu um longo caminho até o seu negócio principal mudar para a cana de açúcar.

Em um Salão de Ideias no penúltimo dia da Feira do Livro, foi lançado a coleção “Café com Açúcar”, escrito por Lilian Rodrigues, Sandra Molina e Adriana Silva. As três autoras se dividiram para escrever as duas obras em 75 dias, inspiradas nessas duas plantas que fazem parte do contexto histórico e cultural da região de Ribeirão Preto.

As autoras reuniram histórias de vidas, pesquisas em grandes  acervos  e construíram os textos que contam como essas duas plantas atingiram a vida de tantas pessoas, e também as relações que elas têm em nossa vida cultural, econômica e social.

“Para mim, este é um livro de emoção, para nós que gostamos de tomar café, conseguimos fazer algo estranho que foi misturar trabalho, amizade e prazer” disse Sandra Molina. Focando no interior de São Paulo, em especial Ribeirão Preto, as autoras concentraram a sua escrita em histórias desde os Reis do Café, até os líderes do Proálcool, em narrativas sobre o cotidiano nas fazendas e nas usinas.

De acordo com as autoras, as duas obras tem o intuito de humanizar esse trajeto importante na nossa região. “Com um conteúdo histórico muito longo nos tivemos que escolher, por isso que aborda os pontos mais centrais, ligadas a história do Brasil e ligada a história da região e está ligada a história de Ribeirão Preto” declarou Lilian Rodrigues. “Vocês vão encontrar uma releitura mais leve dos eventos” concluiu.

-
0:00