Enter your keyword

Todas somos Eva

Carolina Mateus


[megatron_blog type=”timeline” max_items=”-1″ category=”carolina-mateus”]
Todas somos Eva

Bom, como mostrar um blog feminino que não se restringe aos clichês da moda ou estética? Sem críticas, os diversos interesses individuais e coletivos devem ser respeitados e pretendo levar este princípio até o fim. Mas o ponto é,existe mais…muito mais temas que podem ser incluídos na lista de assuntos do universo feminino e a saúde sexual é um deles.
Honestamente acredito que quando se quer expor alguma coisa para um público específico, algo de si também precisa ser exposto. Não que seja uma real obrigação, mas quero poder mostrar que ações e pensamentos ultrapassados já
afetou você, sua mãe, avó e até a mim mesma sem que nos déssemos conta disso.
Não fui criada em um berço extremamente conservador, entretanto, tanto eu quanto minhas primas crescemos na expectativa do que outras pessoas falariam de nós: se a maioria da sua turma de amigos fossem garotos, se gostamos de rapazes ou de meninas, se o amiguinho entrar no quarto a porta deve estar aberta e sentar na cama nem pensar.
A memória que sempre vem à minha mente foi quando pedi para minha prima um absorvente interno, pois não queria deixar de aproveitar a piscina. Não cheguei a usar, minha mãe e minha tia encontraram onde havia escondido — sim, tive que esconder uma coisa tão bobinha — e me explicaram que não poderia usar porque perderia minha “honra”. Fiquei impressionada por usarem a palavra honra ao invés de virgindade ou simplesmente dizer que é a maneira errada de romper hímen, mas no final eu ri.
Só quero dizer com essa história que desejo profundamente que as mulheres leiam o Todas somos Eva para que a sensação de culpa ou de estar fazendo algo inadequado não seja levada em consideração, porque o que importa somos nós nos encontrarmos em nossa vontade de conhecer e reconhecer o próprio corpo.

-
0:00